terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Uma pausa para...

PENSAR!
 
Se você, caro leitor, pensou que este blog e sua autora tinham ido pular carnaval, enganou-se! Aproveitei os dias de folia para pensar! Pensar na vida e em tudo que compõe a vida!
 
Às vezes tenho uma grande vontade de ir para um ilha deserta levando apenas meus cds e meus livros, além de um belo estoque de chocolate, e ficar lá até que a humanidade pare de ser tão estupida. Ou até eu ter aprendido a como lidar com isso!
 
 
 
 
 
 
Enquanto isso não acontece, sigo em frente com a cabeça erguida e determinada a fazer o que acho certo! O que eu tenho certeza que é o melhor para mim! Se os outros não aceitam, paciência! Até um minuto atrás (na verdade, várias horas atrás)...
 
Enquanto navegava na net, descobri o blog Escreva Lola Escreva, da professora Lola Aronovich. Ah foi a luz que eu precisava na minha vida! Ela escreve sobre inúmeros assuntos, como Literatura (eba!), Feminismo, Política, Cinema e Chocolate (depois de Literatura é o meu assunto preferido!).
 
 
Dentre vários post do blog (e são muitos mesmo!) cito dois.
 
O primeiro é a crítica do filme Lincoln. A resenha é divertida (adorei quando ela diz, que o é um filme tedioso sobre tempos estanhos) e ao mesmo tempo informativa, como na parte em que explica a diferença entre os principais partidos políticos nos Estados Unidos da América. O segundo texto foi sobre o livro (sensação do momento) Cinquenta tons de cinza. Confesso que depois da leitura do texto, vou demorar um pouco mais (muito mais mesmo) para ler o livro.

 
E como disse anteriormente, o blog tem vários textos. E ainda que fale de assuntos diferentes, há um ponto comum: sensibilidade. Mesmo quando o assunto é uma tragédia, como a de Santa Maria, por exemplo, Lola revela um olhar critico e ao mesmo tempo delicado sobre o fato. E foi isso que me conquistou. A delicadeza com que ela olha a vida e nos mostra.

 
E é isso que vou perseguir a partir de agora: uma vida segura e, principalmente, delicada. Porque a vida é isto: simplicidade, sensibilidade e delicadeza. Mas sempre com um toque de firmeza, da minha parte!

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Diário de um TCC: dia 5

Eu estou atrasada! Muito atrasada. Hoje é dia 6 de fevereiro e já devíamos estar no dia 9 do nosso Diário de um TCC. Porém, problemas técnicos (encontro com as amigas, volta às aulas e preparação de aula) prejudicaram a sequência numérica. E como diz o ditado: antes tarde do que nunca.
 

 
 
 
 
Mas vamos ao que interessa: ao TCC ou às leituras? Porque do primeiro dia do mês até agora eu só li. Li. Li. E escrevi.
  


 
 
 
Ler e escrever. Dupla inseparável e indispensável na minha vida pessoal e acadêmica. Desde que me lembro, gosto de ler e de escrever. Tanto que tenho um blog. E me preparo para escrever uma monografia. Apesar da grandiosidade do trabalho, é no escrever que me realizo. É neste momento que expresso toda a minha paixão pelas palavras e pela Literatura.

 
 
 
 
 
 
Porém, só há escrita quando há leitura. É no ato de ler que as ideias surgem, as palavras aparecem e o texto nasce. E como disse na postagem anterior, as leituras continuam, contudo com uma pequena diferença: com escrita. Com muita escrita. E muita leitura, e muita escrita, leitura, escrita, leit.... 
 
 

 
 
 
Voltemos para as leituras e para a escrita!

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Diário de um TCC: dia 4

E as leituras continuam....

 

 
(Haja papel!)
 
 
 

mas algumas já terminam!
 
 



(Ótimo livro sobre o foco narrativo. Linguagem agradavél e bastante clara.)