segunda-feira, 29 de julho de 2013

E mais um aniversário passou.

Já se passaram sete anos. Já se passaram 39 também. Blog e vida se misturam propositadamente. Foi intencional começar o Palavra Escrita no dia do meu aniversário. Foi uma ótima desculpa, não? Mas não foi por isso que motivou a criação do blog. Como já comentei aqui, em postagens passadas, criei este espaço para escrever, como um exercício.

Porém, nos últimos anos o exercício tem diminuído, às vezes, nem tem sido realizado. Confesso que isso me deixa bastante angustiada. É uma sensação de “tenho que escrever”, “tenho que atualizar o blog”. Mas isso não acontece e a dor permanece.

Soma-se a isso a pós-graduação e, de forma mais especifica, os trabalhos que tenho que fazer para as disciplinas do curso. E neste caso, se eu não fizer... nem preciso dizer o que acontece, né?

Mas não quero falar sobre atualizar ou não o blog e o que isso me causa, pois já comentei isso algumas vezes. Falemos sobre fazer 39 anos.

Não é um número que eu goste. Prefiro o 38. Mas com o tempo me acostumo com a nova idade e com a sensação de que estou ficando velha! Rsrsrsrs Velha não, experiente, sábia. E, principalmente, mas segura do que quero e do que não quero.

Descobri que muitas das coisas que eu pensava serem importante, são apenas exigências sociais. E que acreditar e defender suas crenças são essenciais para sua própria felicidade. E felicidade não tem nada a ver com a opinião dos outros. Tem a ver com você mesma. Simples, né? Sim. Simplíssimo, como diria José Dias.


E é assim que vou seguir os meus 39 anos: sendo simplesmente simples! E feliz!

domingo, 14 de julho de 2013

Domingo é dia de...



estudar Semiótica até o cérebro travar!

E para quem não sabe o que é Semiótica, aqui vai uma breve definição: "Semiótica, portanto, é a ciência dos signos, é a ciência de toda e qualquer linguagem" (SANTAELLA, 1983, p. 13)

Agora se você quiser uma mais profunda, recomendo este livro: O que é semiótica, de Lúcia Santaella, da editora Brasiliense.



Boa Leitura!

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Diário de um TCC: dia 8

E voltamos a contar! Obviamente estamos muito devagaaaaaaaaaaaaaaaaaar! :P

Entretanto, o TCC está surgindo rápido! Já temos 12 páginas de análise detalhada e profunda. Confesso que estou impressionada comigo mesma! Como disse no último post, fico felicíssima quando páginas e páginas repletas de ideias e de interpretações vão surgindo! É uma felicidade só! :D

Mas o momento é de pausa. De pura concentração. É hora de ler. E é isso que vou fazer agora. 


Textos de todas as formas


Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler. Ler....................
  
Texto saindo da impressora: quentinho para ser devorado


E depois que eu ler, continuar a ler, e a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler, a ler...........


E textos nos pacotes 




Uff!!! Melhor eu parar de escrever e ir ler!


Boa leitura!