segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Uma pausa com ares de parada!

No último dia de fevereiro, após um mês sem escrever uma linha sequer, e sem saber exatamente o que escrever, concluo que atualizar o blog tornou-se um sofrimento. É a obrigação brigando com a inspiração... com a paixão.

Confesso que durante essa parara, não pensei no blog. Mesmo agora, não sei bem o que fazer com ele. Provavelmente perdi a escrita. Ou o prazer da escrita.
 
Será uma crise criativa ou uma crise existencialista?
 
Não sei com certeza o que irei fazer a partir de 1º de março. Pode ser que tudo isso seja passageiro, e eu volte a escrever como antes. Pode ser também que tudo isso seja definitivo, e eu não volte a escrever como antes.
 
Porém, antes de escolher qual caminho seguir, é preciso pensar, pensar com carinho. E ao contrário das outras pausas, tudo será avisado, informado, comunicado.