segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Uma pausa com ares de parada!

No último dia de fevereiro, após um mês sem escrever uma linha sequer, e sem saber exatamente o que escrever, concluo que atualizar o blog tornou-se um sofrimento. É a obrigação brigando com a inspiração... com a paixão.

Confesso que durante essa parara, não pensei no blog. Mesmo agora, não sei bem o que fazer com ele. Provavelmente perdi a escrita. Ou o prazer da escrita.
 
Será uma crise criativa ou uma crise existencialista?
 
Não sei com certeza o que irei fazer a partir de 1º de março. Pode ser que tudo isso seja passageiro, e eu volte a escrever como antes. Pode ser também que tudo isso seja definitivo, e eu não volte a escrever como antes.
 
Porém, antes de escolher qual caminho seguir, é preciso pensar, pensar com carinho. E ao contrário das outras pausas, tudo será avisado, informado, comunicado.

6 comentários:

Joakim Antonio disse...

Um blog é ciumento, para ter você bem perto, toma todo seu tempo, da comida, da bebida, ou bem pior, da pessoa preferida.

Feliz de quem consegue conciliar e dançar com o tempo, que ao contrário do blog flerta com todos movimentos.

Que seja o melhor para você Claudia, veja onde seu coração bate mais forte e mergulhe fundo, não precisa ficar lá o tempo todo, mas não pare de nadar.

Uma ótima vida!

Cláudia Dans disse...

oi Joakim!

Obrigada pelas palavras carinhosas e de apoio!

Beijo e ótima semana!

Jorge disse...

A vida é assim, um dia depois do outro e cada um com seu brilho e aspirações. É preciso deixar as coisas acontecerem porque normalmente alguns de nós faz força para sermos previsíveis e talvez tenhamos medo de surpresas, então queremos assumir uma linha para seguir sobre ela.
Eu estava no hospital passando por uma consulta porque estava com inflamação na garganta. Enquanto eu estava na sala de espera tive a impressçao de ver um rapaz chegar com uma tarja vermelha no rosto como se tivesse tentado se depilar na região da barba. Inicialmente pensei: Como pode um cara tentar fazer a barba com cera de depilação. Na verdade quando olhei bem ví que não era esta a razão da mancha no rosto dele, mas já que havia pensado nisto fiqueio meditando e, olhando para minha opiniãi sobre aquilo e a minha conduta sempre tão previsível sobre tudo, pensei que ainda que o rapaz tivesse tentado aquilo ele seria feliz por ter feito uma coisa diferente na vida.
É claro que este é um exemplo, caso de loucura do cara, mas serviu de exemplo para mim lembrar que a vida precisa acontecer mais à vontade em nós. Quando nos tornamos adultos e responáveis, parece que queremos estar com tudo sob nosso controle, quando na verdade é preciso que os dias sejam vividos um de cada vez e reconhecidos em suas diferenças e brilhos. Só não podemos admitir o pecado!

Cláudia Dans disse...

oi Jorge!

Obrigada pelo carinho e pelas belas palavras! E realmente, às vezes é preciso seguir a vida de modo mais livre! Vamos ver o que dá, né? rsrs

Abraços!

Jorge disse...

Toma jeito e continua escrevendo vai!

Cláudia Dans disse...

ahahahahahha grande incentivo, Jorge! Valeu! ahahahahah


Abraços!

Feliz Aniversário!

Até o Google sabe que hoje é dia de festa! Feliz Aniversário! PS: A animação só aparece para mim, já que eu sou a aniversar...