sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Acabou!!!!!

Demorou, mas acabou! Eis que chega ao fim mais um ano letivo. E pensar que foram exato 200 dias de lições, trabalhos, provas e seminários, etc. Enfim, 2007 acabou, terminou, finalizou, foi desta para uma melhor! Entretanto, não é possível, ainda, dizer se esse ano letivo foi bom ou não, pois sua conclusão é recente. Faz pouco mais de uma semana que ele terminou. Logo, não dá para dizer algo sobre ele. Mas a sensação que fica... não é das melhores.

2007 foi sem sombra de dúvida um ano difícil. Com inúmeros desafios, obstáculos e problemas. Enfrentei novos projetos, que até este ano me eram desconhecidos. Atravessei muralhas muito maiores que as da China. Fugi de pedras gigantescas que rolavam mais rápidos que as de Indiana Jones. Claro que estou sendo extremamente subjetiva, mas vamos às dificuldades.

Ao contrário dos outros anos, trabalhei em dois períodos e com mais gente. Gente pequena, que ainda está descobrindo o mundo e a vida. Não posso negar que foi divertido, contudo chegou uma hora que as coisas que pareciam ser divertidas se tornaram complicadas. Por mais se fizesse, ou se falasse, era mais fácil sentar e esperar as coisas acontecerem.

Segundo momento difícil: dois caminhos tão parecidos, mas com tantas diferenças.


Se o meu primeiro ano como professora foi desafiador, o terceiro foi assustador e super, hiper, mega problemático. Sempre enfrentei obstáculos, que me ajudaram a ser o que sou hoje. Porém, este ano a barreira foi digna de guerra fria. No melhor estilo USA versus USSR. Agora se você é um leitor muito novo, pensa nesta imagem: X-men versus Vingadores! É a mesma coisa. Claro que eu era os mutantes, mas... troca à imagem. Era X-men versus Magneto, Apocalipse, Bastion, Sentinelas... Enfim, todos os inimigos dos mutantes dentro de uma sala só! Só tem um detalhe: era 1 contra 40, mais ou menos (na realidade, era menos que isso, mas como eu sou péssima em número, fiquemos no 40).

Provavelmente, o leitor atento vai dizer que estou fazendo drama ou exagerando. Certo! Estou aumentando um pouco, contudo as brigas eram tão freqüentes, que algumas vezes pensei ser um dos X-men lutando desesperadamente contra várias Sentinelas. Ademais, senti-me a pior professora do mundo. Por mais que tentasse, não conseguia fazer a única coisa que sei fazer: ensinar. Entretanto, ainda magoada com tudo o que aconteceu, algo me diz que esse empate será importante, essencial num futuro próximo. Mesmo que o esqueça, as lições permanecem e colaborarão para o meu crescimento, de algum modo. O problema só está no quando vou usá-las. Espero saber o quando.

Sinceramente, 2007 não deixará saudades. Ao contrário, por um minuto, pensei que ele jamais acabaria, contudo, ele acabou. Dia 21 de dezembro, o ano mais longo da minha vida terminou. E ficará onde deve ficar: na memória, como uma velha história que só retornará quando alguém resolver contá-la.

2 comentários:

herley disse...

O ano acabou!!
Descanse, relaxe, viva!!
De preferência....hehehe

Cláudia Dans disse...

não se preocupe. vou relaxar bastante! rsrsr

beijos

Feliz Aniversário!

Até o Google sabe que hoje é dia de festa! Feliz Aniversário! PS: A animação só aparece para mim, já que eu sou a aniversar...